Os melhores profissionais do Ceará estão aqui!

Eficiência ou Eficácia?

As palavras se apresentam no seu contexto com seus significados e conotações diferenciados, dependendo do modo como são empregadas e usadas no nosso cotidiano. As palavras eficiência e eficácia se apresentam como sinônimos nos dicionários. Por que a dúvida no emprego do significado das duas? Por que confundimos tanto uma com a outra? Vamos apresentar uma situação clara das diferenças empregadas nas palavras mencionadas: Imagine você sendo convidado para participar de uma negociação. Não importa qual o tipo de negociação, mas o seu processo. Você apresenta uma proposta para construir uma casa num tempo determinado x, empregando o material y, com um número de pessoas z, a um valor de R$ 100.000,00 (CEM MIL REAIS). Um concorrente apresenta uma proposta para construir a mesma casa, porém com um tempo determinado X+1(despendeu mais tempo), empregando o material Y+1 (mais material), e com um número de pessoas Z+1(mais trabalhadores), a um valor também de R$ 100.000,00 (CEM MIL REAIS). Como não estipulamos um prazo máximo para a entrega da casa, nem tampouco a quantidade de material a ser gasto, como também o número de pessoas, ambos foram eficientes, pois cumpriram com o objetivo final, construir a casa. Porém o primeiro, além de eficiente, foi eficaz.

Todas as vezes que formos eficazes seremos eficientes, porém o inverso não é verdadeiro. Enquanto a eficiência está ligada ao resultado, ao produto, ao objetivo final, a eficácia vai além. Está vinculada ao método como foi feito e não apenas se foi feito. A eficácia é determinada pelo planejamento e organização. Torna-se praticamente impossível obter uma melhoria nos processos sem planejamento, e consequentemente das ações e dos controles. Eficiência é fazermos a avaliação dos recursos que foram e deveriam ser empregados e consumidos com os que realmente foram empregados e consumidos.

Eficácia é a relação entre os resultados obtidos e os resultados desejados ou previstos.
Peter Drucker afirma na sua grande sabedoria: eficiência é fazer as coisas de maneira correta, e eficácia são as coisas certas. E complementa: o resultado depende de “fazer certo as coisas certas”. Sendo assim, um funcionário para ser eficiente precisa fazer um trabalho correto, sem erros e de qualidade. Podemos ainda afirmar que a eficiência é a relação entre os resultados conseguidos e os recursos que foram empregados. Quando atingimos um resultado esperado em sua totalidade, estamos sendo eficazes. Em outras palavras, é a comparação entre o que se pretendia fazer e o que efetivamente se conseguiu. Pode-se definir a eficácia como o “fazer bem, as coisas certas e, no momento adequado”. A eficácia é medida pelos resultados alcançados. Se a sua empresa estiver atendendo e satisfazendo as necessidades, desejos e predileções do ambiente externo, ela está sendo eficaz. Quando pedimos ao nosso administrador para elaborar um plano de trabalho e este o faz com qualidade, com o conteúdo exigido, com excelente apresentação, nesse momento ele está sendo eficiente. Porém se o trabalho não alcançar os resultados apresentados, não foi eficaz. Se a eficiência é fazer um trabalho correto, sem apresentação de muitos erros. Eficácia é fazer um trabalho conseguindo os resultados esperados.

Compartilhar

Deixa seu comentário